Maranatamidia.com

Festa dos Tabernáculos 2022 - Argentina

Publicado Nov 09, 2022 por Marlise Schneider dentro Testemunhos
Traduzido por Rogério Buzzi
28 Acessos

Já faz uma semana desde a Festa de Tabernáculos 2022, e para nós na Argentina foi um evento tão abençoado que gostaria de compartilhar aqui.

O local ficava a 8 horas de carro de onde moramos. Por que foi tão longe? Porque esta foi a primeira vez que três ministérios Pai-Filho estavam em completo acordo quanto a todos os pontos de nosso entendimento (alianças, festas, caráter de Deus), e eles queriam realizar reuniões com o maior número possível de crentes com esta crença básica. Como essas pessoas estão espalhadas por todo o nosso grande país, escolheram a província de Córdoba, que fica no centro da Argentina. Mesmo tendo tornado as reuniões mais acessíveis, ainda assim foi uma longa viagem para a maioria de nós!

Até o dia anterior, parecia que não poderíamos comparecer. Nosso carro foi levado ao mecânico e ficou lá por muito mais tempo do que o esperado, e só conseguimos recuperá-lo um dia antes da festa. Não éramos os únicos com este tipo de problema: mais de uma família nos contou mais tarde como seus carros quebraram no momento em que tentavam fazer a viagem para o acampamento. Mas louvado seja Deus, todos nós fomos capazes de viajar de qualquer maneira e estar lá!

A festa foi realizada em um pacífico acampamento batista chamado Campamento Bautista Thea em Villa Giardino, Córdoba. Forneceu locais aquecidos suficientes para todos nós e uma sala de reuniões grande e confortável, além de uma sala menor para as reuniões das crianças.

Cerca de 70-80 pessoas de toda a Argentina participaram das reuniões de um modo geral, tendo mais pessoas no dia de sábado. Ficamos agradavelmente surpresos que um grupo de uma congregação messiânica local também se inscreveu, incluindo seu pastor. A esposa do pastor me disse: “Comemoramos as festas há 14 anos e, quando soubemos que haveria um grupo aqui, ficamos surpresos e decidimos participar”. Me inspirei na história desse pastor: quando ele começou a aprender sobre as festas, foi rejeitado pelas igrejas evangélicas por “voltar à lei”. Ele continuou seguindo firmemente suas crenças e lidera um grupo que se reúne. Depois que os Tabernáculos terminaram, Leandro e Roberto, dois de nossos ministros Pai-Filho, ficaram com este grupo para estudar o caráter da mensagem de Deus com mais profundidade com este precioso grupo.

Quem são os ministros Pai-Filho que organizaram esta festa? Caso você não conheça os ministérios da Argentina (que também alcançam outros países sul-americanos online), deixe-me apresentá-los:

Soy Peregrino Aquí (Leandro Pena, Argentina). Leandro e sua esposa Pamela deram um salto de fé este ano e começaram a morar em sua pequena van, apenas para poderem viajar livremente pela Argentina e pregar a mensagem.

Séptimo Milenio (Roberto Kalbermatter, Argentina).

Que te conozcan (Daniel Bernhardt, Argentina, Carlos Hernandez, Porto Rico, Jonathan Falcon, Porto Rico)

Esses três ministérios, juntamente com um cavalheiro do México, Arturo Arguelles, se reúnem online regularmente para estudar a Bíblia. Eles também têm um canal conjunto, o Tiempo de Reunión, no qual trabalham juntos para compartilhar temas de interesse (atualmente o ensino Pai-Filho, os concertos, as festas e o caráter de Deus), além de estudos das lições da Escola Sabatina. Este é o grupo que planejou juntos a festa dos Tabernáculos, com Daniel, Carlos, Leandro e Roberto podendo viajar para Córdoba para participar e pregar. Eles também convidaram Rogério Buzzi do Brasil, bem como Daniel Baranow, um ministro Pai-Filho e ex-pastor adventista do norte da Argentina, ambos do Ministério 4 Anjos do Brasil, para se juntar a eles na apresentação de temas para esta festa.

O programa foi cuidadosamente pensado e planejado, oferecendo uma linha coerente que unia os tópicos, mas ainda dava liberdade suficiente para cada pregador seguir a liderança do Espírito sobre o que deveria dizer. Cada apresentação (sermões e testemunhos) dos seis ministros foi um deleite. Havia um Espírito de paz, alegria e luz por toda parte, e os participantes comentaram sobre isso. Os organizadores/apresentadores trabalharam juntos em perfeita harmonia, sem se impor aos demais. Enquanto observava o desenrolar das reuniões, agradeci a Deus por isso: quando o orgulho humano é completamente posto de lado, Cristo pode ser glorificado e as bênçãos podem fluir para nós.

Na manhã de segunda-feira, um dos apresentadores estava pregando sobre os concertos. Enquanto ele falava, as pessoas começaram a acrescentar entusiasticamente seus próprios comentários e perguntas à apresentação. Era bom que estivessem gostando tanto do assunto, mas a apresentação havia sido interrompida. Rogério Buzzi disse gentilmente: “Irmãos e irmãs, espero não ofender vocês com o que vou dizer, mas esta manhã fui desperto às 3:00 da manhã e perguntei a Deus sobre o que eu deveria falar esta noite, e Gálatas 2 e 3 vieram à minha mente com clareza. E agora descubro que meu irmão aqui está pregando meu sermão! Irmãos e irmãs, é isso que Deus quer que ouçamos hoje. Jesus está falando conosco através deste irmão. Por favor, vamos deixar nossos comentários e perguntas para o final e não vamos mais interrompê-lo. Vamos ouvir." Meus olhos se encheram de lágrimas quando percebi o quão precioso este momento era. Ficou claro ao longo da semana que o Espírito de Deus estava sendo derramado generosamente.

Havia uma atitude de amor e respeito para com aqueles que duvidavam do que estava sendo apresentado, o que abria o coração das pessoas para pelo menos considerar essas coisas. Não era necessário que todos tomassem suas decisões finais instantaneamente. Os livros que levamos foram avidamente tomados: Guerras de Identidade (não havia exemplares suficientes e esgotaram-se completamente; há necessidade de imprimir mais), Life Matters, Divine Pattern e Ágape. Havia também folhetos escritos por Que Te Conozcan, preparados especialmente para divulgação. E havia o livro “Princípios do Caráter de Deus”, que Daniel acabou de escrever, e foi recém-impresso para esta festa. Este livro é fruto do estudo que Daniel, Carlos e Jonathan fizeram com Leandro, Roberto e Arturo sobre o Caráter de Deus, e é um bom livro de entrada que ajuda a entender o Ágape mais tarde.

Quando surgiram aparentes contradições, Rogério Buzzi gentilmente tranquilizou o grupo: “Irmãos e irmãs, a Bíblia não se contradiz. Aguente essas aparentes contradições, seja paciente, e isso será resolvido.” Esse tipo de espírito permitia que as pessoas fizessem perguntas sem sentir a necessidade de atacar ninguém e sem sentir que seriam evitadas.

No final das reuniões, um senhor dono de um ministério de rádio admitiu: “Eu vim aqui pronto para argumentar contra essa coisa de festa e essa coisa de Deus não violento. Mas, como você pode ver, não tenho nada contra o que argumentar.” Um jovem de vinte e poucos anos disse radiante, no final das reuniões: “Eu costumava acreditar que entendia que Deus é amor, mas agora sei que não sabia!” Outros diziam alegremente: “Não estou mais sozinho!” Muitas dessas pessoas foram rejeitadas por suas igrejas e não tinham um grupo com quem conviver. Agora eles estão ansiosos para a próxima festa.

No final da celebração, Roberto leu uma mensagem escrita para nós pelos administradores do acampamento batista que estávamos usando. Na mensagem, eles nos agradeceram pela “boa conduta” e disseram que estava claro que o Espírito de Deus estava entre nosso grupo e fomos convidados a usar esse local novamente sempre que quiséssemos.

Além das apresentações, desfrutamos de um belo companheirismo por meio de grupos de estudo bíblico, o compartilhamento informal de testemunhos, comendo juntos e simplesmente estando e conversando juntos. Foi muito especial ter a presença do irmão Buzzi do Brasil e Carlos Hernandez e sua linda família de Porto Rico, com seus sotaques e perspectivas únicos. Ao final das reuniões, várias pessoas que chegaram de ônibus foram carinhosamente levadas por quem tinha espaço em seus carros.

Continuo agradecendo ao nosso Pai pelo que testemunhamos naquela semana. Era o que Daniel e eu estávamos sonhando e orando desde que experimentamos nossa primeira festa em Widgee, Austrália, em 2017. E agora esta mensagem que tanto amamos foi abraçada com entusiasmo por vários ministros na Argentina. Não está mais em nossas mãos; pegou fogo, e se o orgulho humano não atrapalhar, é o começo de um resplendor desta verdade na América do Sul.

Existem muitas outras histórias deste acampamento, mas elas não são minhas para compartilhar, então vou parar por aqui. Espero que isso te abençoe e ilumine seu coração. Louvado seja o Pai que a mensagem de Seu verdadeiro caráter de amor está começando a se espalhar!